Ouça Orli Ricardo

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Capítulo I : escrito em Celso Ramos

Pereira Terraplanagem atende produtores de Santa Maria e Entre Rios
Foto: Reprodução Pref Municipal Celso Ramos
Um belo início de mês para a Pereira Terraplanagem. Nos primeiros dias de setembro estivemos no município de Celso Ramos prestando serviço de escavação para produtores rurais das localidades de Santa Maria e Entre Rios. A cada cliente que tive o prazer em atender e sentar à mesa pude vivenciar e colher boas histórias de vida, que uma vez unidas, dariam um belo livro. Porém, como você que acessa este blog não tem tanto tempo disponível, de uma forma resumida irei destacar os principais trechos dessa passagem num “capítulo único”.

Artista da Terra
Encontramos na primeira semana, o Sr Domingos Minosso, vizinho de porteira do locutor Edson José, narrador de rodeios e comunicador da Rádio Amizade FM. Sr Domingos me convidou para tomar um café, e enquanto a mesa era servida pela sua esposa, Dona Inês, ele me apresentou seus dotes artísticos. O senhor já de cabelo grisalho puxou de sua gaita vermelha, bateu a poeira que a revestia, e cantou músicas de autoria própria, as quais, revelou terem sido compostas por meio de suas vivencias e contos que ele ouviu na época da mocidade. Ao final da visita, fui presenteado com um CD seu, que ele gravou há cerca de 5 anos.

Cultivando um futuro melhor
Na fala e nos gestos simples dos agricultores, a gana por dias melhores, haja vista, a atitude do Sr Nicanor de Souza, 64 anos, que mesmo contestado por alguns colegas, pretende com a plantação de árvores frutíferas deixar um legado para as futuras gerações. “A turma fala que sou louco por estar investindo na compra dessas mudas, ai eu pergunto, vocês gostam de comer laranja, tangerina, então, vocês só comem porque algum dia alguém plantou”, disse ele em tom bem humorado.

Percebi que a preocupação de Sr Nicanor vai além de um benefício pessoal. “Que eu viva mais dez anos, eu vou conseguir comer ainda algumas frutas e aproveitar da sombra que elas darão, caso contrário, essas árvores ficarão ai para meus filhos e netos aproveitarem”, explicou.

Danada da esteira
Histórias engraçadas também ocorreram durante esse tour por Celso Ramos. Não há registro fotográfico, porém, basta buscar na memória as cenas da difícil tarefa de recolocar a esteira na “Inquieta Sany 75”, que a gargalhada rola solta. Para ilustrar, a esteira tratou de cair no meio de um açude todo enlameado, e sem titubear, o operador Bolinha tirou seu calçado, arregaçou a calça e sem medo de ser feliz foi literalmente para lama. Após algumas horas de esforço por nossa parte, do cliente Danilo da Silva e de seus filhos, logramos êxito e a máquina voltou ao trabalho.

O dito Maleato de Dexclorfeniramina
Todavia, a ocorrência que resultou nas melhores gargalhadas ainda estava por vir. Numa manhã tranquila de quinta-feira, foi dada início a missão “Procura-se uma Farmácia em Celso Ramos”. Ao meio de ruas praticamente desertas, eis que encontramos uma moça de uniforme verde atravessando a rua, não pensei duas vezes: Por gentileza sabe me informar onde eu encontro uma farmácia? E ela responde – Bem aqui na sua frente e eu já estou indo abrir ela!!! Mais embaraçoso que a resposta que recebi foi pronunciar segundos depois o nome do remédio, o qual eu estava à procura, o tal Maleato de Dexclorfeniramina.

E por hoje é isso pessoal, estava com saudades de postar conteúdos nesse meio, espero estar voltando em breve com mais serviços da Pereira Terraplanagem relatados em forma de matérias. Abraço!

Um comentário:

  1. Parabéns amigo lindas historias de um povo sofrido que é dos agricutores,abraços e sucesso...

    ResponderExcluir

comente aqui

No seu rádio