Ouça Orli Ricardo

sábado, 9 de fevereiro de 2013

Primo confessa latrocínio e corpo de vítima é encontrado

Após prisão, Vilson Valter confessou ter matado Cleiton Padilha

Corpo do Jovem foi encontrado em Celso Ramos
Após dois dias de buscas e investigações numa ação conjunta entre as Policias Civil e Militar foi concretizado o latrocínio (roubo seguido de morte) no caso do automóvel incendiado na madrugada de quinta-feira, 07/02, às margens da BR 470 em Campos Novos. Um veículo Citroën C3 de propriedade de Cleiton Miguel Padilha, 22 anos, foi encontrado queimado sem as rodas e sem a aparelhagem de som. A confirmação do crime aconteceu na tarde de sexta-feira, 08/02, na ocasião o primo da vítima, Vilson Valter, que foi preso no interior de Erval Velho, teria confessado a autoria do crime.

Diante dos depoimentos do autor do latrocínio, o corpo de Cleiton Miguel Padilha foi localizado no município vizinho de Celso Ramos por volta das 17h. Para resgatar o corpo da vítima foi necessário o auxilio do Corpo de Bombeiros de Campos Novos, pois o mesmo encontrava-se num local (penhasco) de difícil acesso. O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Geral de Perícias de Videira.

De acordo com a família, que prestou depoimento na delegacia na sexta, o relacionamento entre os primos era bom, haja vista que eles combinavam de sair juntos, a exemplo da última quarta, a fatídica noite que vitimou Cleiton.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comente aqui

No seu rádio