Ouça Orli Ricardo

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Horário Especial de Natal é divulgado pela CDL

Comércio atenderá em período diferenciado em dezembro
Faturamento do comércio local deve aumentar 10% em relação ao ano passado
Com as festas de final de ano se aproximando a tendência é que as vendas do varejo esquentem, feito o clima do verão brasileiro. Por conta disso, os responsáveis pelo comércio local aproveitam estes últimos dias do ano para intensificar o trabalho de atrair o consumidor. Uma destas artimanhas é esticar o horário de atendimento dos estabelecimentos comerciais, durante a semana e até aos finais de semana.

Para tanto, as entidades competentes de Campos Novos, como o Sindicato dos Empregados no Comércio, Sindicato do Comércio Varejista e a CDL decidiram de comum acordo que o comercio irá trabalhar num horário especial neste mês de dezembro. Esta nova configuração inicia no sábado dia 08/12 quando os estabelecimentos estarão atendendo das 8h às 16h, o mesmo vale para os sábados seguintes, dias 15 e 22 de dezembro.

Entre os dias 10 a 14, segunda à sexta-feira, o comércio ficará com o horário estendido até as 20h. Já nos dias que antecedem o Natal, do dia 17 ao dia 21 o comércio prorroga o atendimento até às 22h. No entanto, a grande novidade será o atendimento das lojas no domingo dia 23, neste dia o comércio vai trabalhar das 18h às 22h e no dia 24, véspera de natal, das 8h às 13h.

Os supermercados também terão horários especiais. Do dia 17 a 22 dezembro estes estabelecimentos estarão abertos até às 21h, e na véspera de Natal, até ás 17h. E no dia 31 de dezembro, somente os supermercados funcionarão até às 13h.

Para a Gestora da CDL, Wilmair Delfes, a definição deste horário ficou bom para ambas as partes. “Com este horário o consumidor terá a oportunidade de realizar as compras necessárias, o comércio vai conseguir atender todos os seus consumidores e da mesma forma não ficou um horário tão pesado para quem trabalha no comércio”, ressaltou.

Outra questão decidida de forma conjunta, diz respeito aos direitos dos funcionários. As entidades definiram que as empresas ficam obrigadas a realizarem o pagamento das horas extras, fixadas em 50%, além disso, o empregado terá direito a meia hora de descanso para que possa se alimentar, o lanche deverá ser fornecido pela própria empresa que trabalha.

Um comentário:

  1. Que horário os funcionários do comércio que estarão trabalhando até as 22h terão para fazer suas compras de Natal?
    Eles também são consumidores e tem seus direitos!

    ResponderExcluir

comente aqui

No seu rádio