Ouça Orli Ricardo

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Saem da cadeia os acusados de fraude no transporte escolar


Valores das fianças foram reduzidos pela metade

Os dois servidores da Prefeitura de Campos Novos envolvidos em fraude no transporte escolar foram soltos nesta terça-feira, 02/10, depois de pagarem fiança. A soltura dos dois acusados foi por volta das 17h. Um deles, agente público responsável pela fiscalização do serviço de transporte escolar terceirizado, que atuava dentro da Secretaria de Educação, cumpriu prisão preventiva desde o dia 29 de Agosto. O outro funcionário público fazia parte da Secretaria de Obras, e cumpria prisão desde o dia 11 de Setembro, ambos na Unidade Prisional Avançada (UPA).

Os dois ganharam liberdade mediante pagamento de fiança, depois de a defesa entrar com pedido de redução dos valores determinados inicialmente pelo Juiz em 24 e R$ 18 mil. Acatado o pedido de redução, esses valores foram reduzidos pela metade. A ação penal prossegue normalmente com os envolvidos em liberdade, com audiências judiciais marcadas para depois das eleições.

Ministério Público desencadeia a operação juntamente com
agentes das Polícias Civil e Militar (Gaeco) e auditores
da Receita Estadual  (foto: Orli Ricardo/Agosto)
As prisões partiram de informações repassadas à 2ª Promotoria de Campos Novos. Em virtude das acusações, uma força tarefa do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (GAECO), foi deflagrada para apurar as denúncias  de concussão e corrupção no desempenho da função pública.

Informação: Francieli Parenti – Rádio Cultura AM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comente aqui

No seu rádio