Ouça Orli Ricardo

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Justiça liberta homem envolvido em acidente que causou a morte de jovem em Campos Novos

João Maria de Oliveira, de 62 anos, estava preso desde o dia 5 de julho

Homem é detido na Viatura da PRF
(foto: Orli Ricardo)
O juiz da comarca de Campos Novos, Ruy Fernando Falk, concedeu liberdade provisória a João Maria de Oliveira, de 62 anos, que se envolveu em acidente que causou a morte da estudante universitária Mayara Isabela Parize, de 19 anos, no dia 05 de julho na BR-282 em Campos Novos. A decisão foi proferida no último dia 19.

João Maria, que permaneceu detido por dois meses e meio na Unidade Prisional Avançada (UPA) de Campos Novos, foi solto mediante pagamento de fiança no valor de R$ 622,00. O acusado não poderá alterar seu endereço sem prévia comunicação à Justiça. Caso descumpra as obrigações impostas, poderá ter decretada a prisão preventiva, conforme dispõe o Código Penal.

O magistrado entendeu que no processo não há provas de que o acusado seja pessoa perigosa. O advogado Luiz Vicente de Medeiros foi nomeado para fazer a defesa de João Maria no decorrer do processo.

No dia do acidente o réu dirigia um Fiat Tipo de propriedade da filha sem carteira de habilitação e estava embriagado, conforme constatou a Polícia Rodoviária Federal, quando em uma ultrapassagem forçada bateu de frente com a Honda Biz em que Mayara estava. A jovem teve morte instantânea.

João Maria teria assumido a culpa em depoimento à polícia, dizendo que havia consumido bebida alcoólica e estava se deslocando para o município de Ibicuí para pagar contas. Ele foi enquadrado no crime de dolo eventual, artigo 121 do Código Penal Brasileiro (homicídio simples), cuja pena pode variar de 6 a 12 anos.

//
Fonte: Rádio Catarinense

2 comentários:

  1. Brasil, Brasil, Brasil...

    ResponderExcluir
  2. pega e tira de uma vez a tal da Lei Seca da legislação, tá lá só para bonito. Vamos sair bebendo e matando por aí que tá tudo certo.

    ResponderExcluir

comente aqui

No seu rádio