Ouça Orli Ricardo

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Bandidos sequestram família do Gerente do Banco do Brasil de Treze Tílias


Vítimas são mantidas refém durante toda a noite

Família vive filme de terror em Treze Tílias
A quarta-feira foi de muita angustia e medo para a familiares do Gerente do Banco do Brasil de Treze Tílias. Conforme relato da família, homens, fortemente armados, seguiram o gerente, desde a Agência de Treze Tílias, até sua residência, no final do expediente.

Os homens permaneceram na residência, e, inclusive acompanharam o Gerente até uma casa próxima para buscar as duas filhas, uma de 9 e outra de 10 anos.

A esposa do Gerente, que estava no trabalho, ao retornar percebeu a movimentação estranha e foi abordada logo ao entrar na residência, quando os bandidos anunciaram o seqüestro, e pediram colaboração.

A funcionária, que reside na casa e estuda à noite, ao chegar ao local, e diante da situação, chegou a passar mal e ficar desacordada.

Durante toda a noite a família ficou refém de quatro homens, armados e equipados com rádio e outros meios de comunicação. De acordo com as vítimas eles estavam encapuzados e portavam fuzis, e revólveres, bem como mantinham contato com outras pessoas, que colaboravam com a ação.

Os bandidos disseram que o objetivo era assaltar o cofre da agência do Banco do Brasil de Treze Tílias. Contudo, o gerente, a todo momento, explicou, aos bandidos, a impossibilidade da ação, já que o sistema do cofre é programado com senha e comando e, portanto, não existe meio de acessar o dinheiro.

A família toda foi amarrada com fitas adesivas e mantida na sala da residência, enquanto os bandidos organizavam a ação. Apesar das ameaças, durante a ação, os homens afirmaram à família que se houvesse colaboração ninguém sairia ferido.

A família relatou que tentou manter as crianças calmas, bem com colaborar com os bandidos. Por volta das 4 horas da manhã a esposa, as duas filhas e a empregada foram levadas até o interior do município, e deixados em um potreiro, localizado na Linha Três Barras, enquanto os homens permaneciam na residência da família negociando com o gerente.

A família chegou a oferecer jóias, contudo os bandidos assinalaram que o objetivo era assaltar o cofre da agência.

Por volta das 5 horas o Gerente também foi levado ao local onde o restante da família se encontrava. Eles foram orientados a não sair do local, antes de duas horas, bem como não acionassem ninguém até que pudessem estar longe do local. Por volta das 7 horas a família se dirigiu até a estrada, onde pediu carona e retornou ao município.

Ninguém saiu ferido.

A família, que registrou boletim de ocorrência nesta manhã, e prestou depoimento, relatou os momentos. Conforme eles os assaltantes afirmaram que a ação estava sendo organizada e a rotina da família acompanhada, por, pelo menos, 6 meses.

A família do Gerente do Bando do Brasil assinalou que já residiram em muitas cidades, e nada do gênero nunca havia sido registrado, principalmente em uma cidade pequena como Treze Tílias.

A Polícia do município e região está mobilizada, e investiga os fatos.

Informações: Rádio Tropical FM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comente aqui

No seu rádio