Ouça Orli Ricardo

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Montadora Sinotruk vai se instalar em Lages


Fábrica Chinesa vai construir sua primeira linha de veículos fora da China

Colombo se reúne com representantes da montadora
Foi apresentado em Lages nesta sexta-feira, 27/07, o plano de investimentos da primeira montadora de caminhões que se instalará no Estado. Considerada uma das maiores fabricantes de caminhões do mundo, a chinesa Sinotruk vai investir R$ 300 milhões na primeira etapa do projeto, que será finalizada em 2014. Serão gerados mais de 1,1 mil empregos diretos e indiretos.

O apoio oferecido pelo Governo do Estado foi determinante para que a empresa optasse pela Serra catarinense para construir sua primeira linha de fabricação fora da China. O Governo, por meio da SCPar, liberou R$ 15 milhões para desapropriação e a compra de uma área de 2,7 milhões de metros quadrados destinada a implantação do parque industrial, onde a Sinotruk se instalará com suas fornecedoras. Outro incentivo foi a postergação da cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços – ICMS. “Investimos pesado porque a instalação de empresas e a consequente geração de novos postos de trabalho é um dos maiores benefícios que podemos oferecer às pessoas”, disse Colombo.

O evento contou com a presença do governador Raimundo Colombo, e do diretor-geral da empresa no Brasil, Joel Anderson, que divulgou o projeto da empresa. “Em 2014, serão fabricados 5 mil caminhões, e nos anos seguintes a produção aumentará para 8 mil. Neste primeiro momento, os veículos serão produzidos com material importado da China, mas a proposta é chegar ao fim do terceiro ano de operações com até 65% das peças nacionalizadas”, explicou o diretor. De um caminhão Sinotruk, apenas vidros e pneus não são de fabricação própria da empresa. “Quando a fábrica atingir o ápice, em 2016, teremos um faturamento superior a R$ 1 bilhão, podendo projetar novos investimentos. Nossa produção será destinada a atender o mercado interno, assim como toda a América Latina”, enfatizou Anderson.

Para o secretário-executivo de Assuntos Estratégicos, Paulo César da Costa, a instalação da empresa mostra que a economia da região está em ascensão. “Santa Catarina entra no ramo de montagem de caminhões pela veia da Serra catarinense. Estamos vivendo um momento especial reafirmado por esse novo vetor de desenvolvimento.”

A proposta da empresa é dar preferência para mão de obra local, por isso também será investido na qualificação profissional. A Sinotruk vai construir um laboratório no parque industrial e criar cursos específicos, por meio do Instituto Federal de Santa Catarina, que tem um campus em Lages.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comente aqui

No seu rádio