Ouça Orli Ricardo

segunda-feira, 25 de junho de 2012

II CAMPOS FIGTHER REÚNE MAIS DE 800 PESSOAS NO GINÁSIO HUMBERTO CALGARO


Foto: Éliton Torri (Tanabalada)

O final de semana foi marcado pelas disputas de artes marciais pelo Brasil. Se o Mineirinho recebeu o UFC 147, que contou com a final do Reality Show The Ultimate Fighter, vencida por Rony Jason na categoria pesos pena, e César Mutante na categoria dos médios, e ainda contou com a derrota de Wanderlei Silva para Rich Franklin, no mesmo dia, sábado (23), Campos Novos promoveu o II Campos Figther, no Ginásio Humberto Calgaro.

Na estimativa dos organizadores, um grande público de mais de 800 pessoas prestigiaram o evento que contou com 15 lutas. Foram disputas de Muay Thai e MMA (Artes Marciais Mistas) de tirar o fôlego, que com um grande nível dos competidores levaram a torcida ao delírio no ginásio.

O II Campos Fighter contou ainda, com a presença do Presidente da Federação Catarinense de Muay Thai, Carlos Leivis Araújo, que assistiu de perto a disputa do Cinturão Catarinense da modalidade até 63 Kg entre os atletas Maicon de Lages (foto) e Vanderson de Gaspar. No 14° duelo da noite, melhor para o representante de Lages, que após cinco rounds assegurou o cinturão por decisão unânime dos juízes.

Após 14 lutas conduzidas pelo árbitro Internacional, Jonas Bragança, membro da Federação Brasileira de Muay Thai, o ring deu lugar a última luta do evento. Um dos mais aguardados confrontos da noite, a luta de MMA prevista para 5 rounds, não passou do primeiro. O representante da academia Nova União, de Blumenau, Jeferson Pinheiro não deu chances Edimar José Kehl, conhecido como Chuck Noris, da academia Brazuca/Nova União de Xanxerê, vencendo por nocaute técnico no primeiro round. Este combate teve como árbitro central o professor Claudinei da Art Team ele que é Faixa Preta em jiu-jitsu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comente aqui

No seu rádio