Ouça Orli Ricardo

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Entrevista exclusiva com o Prefeito de Campos Novos: Vilibaldo Erich Schmid.

Prefeito aborda assuntos da sua administração e não descarta sua candidatura a reeleição

Vilibaldo enquanto  Diretor Presidente representado a
 Copercampos em Evento da Ocesc (1996)
(foto arquivo Copercampos)
A
função de pessoa pública exercida ao longo dos quase quatro anos frente à administração de uma das maiores cidades de Santa Catarina não pareceu ser uma novidade e tampouco causou amedrontamento para Vilibaldo Erich Schmid. Este descendente de alemão, nascido a 64 anos em Ibicaré, cidade essencialmente agrícola (também conhecida pelos Rodeios Country que realiza), encontrou em Campos Novos mais que um lugar para morar, encontrou aqui um lugar para fazer história.

Antes mesmo de se tornar prefeito do Celeiro Catarinense, Vilibaldo já havia passado por diversos desafios pessoais. O maior deles, talvez, tenha sido presidir a maior cooperativa agrícola da cidade, o que mais tarde se consolidaria como a segunda maior do estado no gênero de cereais.

Esta prova de fogo foi o empurrãozinho que faltava para que este homem conservador ousasse, fez com que Vilibaldo acreditasse que seria capaz de apostar e obter sucesso na carreira pública. A oportunidade chega no pleito de 2008, quando Vilibaldo concorre à sucessão de Nelson Cruz, prefeito da época e aliado partidário, com a bandeira da continuidade administrativa.

     O êxito é alcançado. Um voto de confiança é dado a Vilibaldo, ele é legitimado e torna-se prefeito de Campos Novos. No entanto, a desconfiança por parte da população nasce paralelamente com o resultado das urnas. Será mesmo que este cidadão vindo da terra do rodeio dará conta de dominar e comandar um município em pleno desenvolvimento sem ir ao chão?

    Nelson Cruz havia deixado um legado de prosperidade na cidade, além disso, contava com um grande prestígio da população, feito que poucos políticos haviam conquistado nesta terra. Mesmo que timidamente, pelos “bastidores” Vilibaldo foi criticado: o que faria um homem bem sucedido, presidente de uma grande cooperativa largar o certo pelo duvidoso? Embora, tendo respostas pouco evidentes, ele seguiu a diante, sabe como é a cabeça de alemão, quando idealiza algo não tem ninguém que mude seu pensamento.

Estas e outras perguntas surgiram durante esta administração e muitas outras surgirão ainda, afinal sua gestão continua até dia 31 de dezembro de 2012, e até lá muitos questionamentos serão feitos e muitas indagações serão sanadas.

A fim de não aguardarmos este tempo para obtermos respostas, o orliricardo.blogspot.com realiza uma entrevista exclusiva com o atual Prefeito de Campos Novos, Vilibaldo Erich Schmid, que tira a limpo muitas questões polêmicas e mostra o seu posicionamento diante de muitos assuntos de relevância pública, as quais você confere a seguir:

Como está sendo o trabalho no combate ao tráfico de drogas em Campos Novos?

O combate ao tráfico de drogas (crack) é de responsabilidade da polícia com auxilio da comunidade e autoridades. Mas, nosso trabalho tem centrado atenções na prevenção ao uso e proliferação de consumo de drogas. Programas como Proerd, Jovem Jardineiro, Menina Moça, De olho no Futuro, Centro de Ensino Complementar, Peti, construção de praças esportivas e incentivo ao esporte em múltiplas atividades, entre outros, ajudam a retirar jovens das ruas e da ociosidade.

Como se deu o auxilio aos moradores atingidos pelos constantes temporais no município?

O ano de 2011 caracterizou-se por desastres ambientais e materiais provocados por granizo, enxurradas, alagamentos e temporais. A administração realizou socorro aos atingidos com reposição de telhas, madeiras em valor superior a R$ 600.000,00 além de investir mais R$ 800.000,00 em drenagem e tubulação. Estradas do interior e pontes foram reconstruídas.

O que você acha das mudanças de partido dos políticos brasileiros?

Entendo que a mudança de partido ocorra por duas situações principais. A primeira pode ser por interesse do benefício próprio. A segunda é talvez mais corriqueira que é o desgaste no alcance de objetivos, princípios e éticas dos partidos. 

Qual é o seu ponto de vista em relação às alianças firmadas com adversários ferrenhos?

Aliança com adversários ferrenhos na minha opinião somente se justifica quando o interesse da grande maioria da sociedade colocar o objetivo da aliança acima de interesses pessoais. O que não acontece na maioria dos casos.

O que você acha dos veículos que abrem espaço para as manifestações populares sem obrigatoriamente identificar os emissores?

Não vejo porque pessoas usarem o anonimato para expressar opiniões nos veículos de comunicação com receio de serem identificadas. Moramos na mesma cidade e os interesses são da coletividade. 

Qual foi a maior virtude da sua administração até aqui?

Trabalho de equipe, planejamento e responsabilidade na aplicação do dinheiro público. 

E a maior falha?

Não vejo maior falha e sim metas que encontraram dificuldades como acelerar a implantação da rede de esgotamento sanitário.

Que área mais necessita de mais melhorias? Qual é o maior desafio?

Habitação é um grande desafio para Campos Novos. A valorização imobiliária adiou o sonho de muitas famílias camponovenses.

Em quem você se espelha ou de onde você tira inspiração para comandar uma das maiores cidades de Santa Catarina?

As pessoas que nos cercam são a maior fonte de inspiração. Se você objetivar cada uma tem algo pra te ensinar. Conviver com pessoas traz felicidade e realização.

Após assumir um cargo público, tem algo que você deixou de fazer e sente saudade?

A área pública é fascinante, mas talha algumas coisas que ficam em segundo plano como é minha atividade na iniciativa privada, ou seja, agricultura e pecuária. A família, apesar de estar em primeiro plano, fica privada de momentos importantes.

Faltando alguns meses para o pleito, já dá para pensar em reeleição?

Estamos em ano de eleição. O nosso partido saberá no momento apropriado indicar o candidato de preferência da maioria. Acredito que o consenso dirá quem concorrerá nas próximas eleições municipais. 

Quais são os planos do Vilibaldo para os próximos anos?

No momento os planos estão voltados a conclusão de importantes obras para Campos Novos.

Uma observação final desses quase quatro anos de governo.

A cidade está crescendo. Em todos os setores, seja saúde, educação, assistência social, agricultura, obras – transporte e infraestrutura –, abastecimento de água, esporte, cultura, indústria, comércio, prestação de serviços, lazer, planejamento e finanças tiveram papel fundamental no suporte ao crescimento econômico e social da nossa gente camponovense.

2 comentários:

  1. Se continuar assim nossa cidade não ira crescer como cresceria com o prefeito Nelson. O Nelsão tem pulso firme, infelizmente não vejo isso no atual prefeito. Esperava mais trabalho e menos aumento de salário!
    Pronto falei!

    ResponderExcluir
  2. Tem toda razão!É uma vergonha o que estão fazendo com a população! Mas quem garante que o Nelson Cruz vai mudar o rumo da administração? Continuaria a mesma ideologia partidária!

    ResponderExcluir

comente aqui

No seu rádio