Ouça Orli Ricardo

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Combates de Tirar o Fôlego Marcam o 1º Campos Figthers

No combate: o camponovense Kadu Varela

  A comunidade Camponovense esteve em grande número no Ginásio Humberto Calgaro na noite do último sábado (16/07) e gostou do que viu. Muito mais que socos, agarrões e pontapés, o que marcou o 1º Campos Figthers foi a técnica e a competitividade dos atletas que confirmaram o auto nível  da competição.
  Os combates reuniram competidores iniciantes e também os já experientes que apresentaram os movimentos de Jiu Jitsu, uma arte marcial japonesa também utilizada por samurais para derrubar, dominar e submeter o oponente; e  Muay thai, uma luta originária da Tailândia com mais de dois mil anos de existência, a qual foi criada como forma de defesa nas suas guerras e para obtenção de uma boa saúde.
Para Elaer Mattos, 32 anos, competidor do 1º Campos Figthers, o evento que é pioneiro na cidade é uma boa forma para disseminar a prática desse esporte e mostrar que esse tipo de luta evidencia a aplicação e disciplina do corpo e da vida. Elaer que treina a aproximadamente a dois anos na Academia Art Team foi quem abriu os confrontos da noite numa disputa de Jiu Jitsu com Chuck, competidor de Xanxerê.
Lutadores no Ring - De Kimono branco Elaer Mattos

  Além da luta de Elaer, mais anfitriões subiram ao ringue, foram mais de dez lutas, uma delas na categoria feminina, onde Chaiane de Gaspar enfrentou Cristiane da cidade de Xanxerê, as atletas mostraram muita força e muita técnica, superando as expectativas do público que não esperava tanta disposição no confronto do sexo "frágil".
  No entanto, a "cereja do bolo" estaria guardada para a última luta, quando foi disputado o Cinturão Catarinense na categoria MMA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comente aqui

No seu rádio