Ouça Orli Ricardo

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Homem é morto em Campos Novos “Vítima” do Tráfico

 Campos Novos tem como principal atração as paisagens naturais, os campos férteis e sobretudo, a maior produção de cereais do estado, façanha que lhe concede o título de Celeiro Catarinense.

  No entanto, as mortes ocorridas vítimas de assassinatos estão cada vez mais freqüentes na comunidade camponovense. O que subentende, que se continuar nesse ritmo, a cidade corre o risco de ser reconhecida também pelos grandes índices de violência. E não é isso que queremos.

  Por muito tempo, Campos Novos perante seus arredores era intitulada como terra dos pistoleiros - os tempos eram outros; a realidade era outra; os motivos eram outros -, e para uma cidade em pleno desenvolvimento, não é uma boa hora para repatriarmos esse rótulo.

  Atualmente o que de fato mais assusta é a evolução de usuários de drogas que financiam a hegemonia dos traficantes. Esses indivíduos uma vez perdidos nesse mundo, obrigatoriamente tornam-se subservientes do crime, ou caso contrário são duramente penalizados.

  O último caso identificado em Campos Novos foi na tarde de ontem, e vem de encontro com a minha tese. O corpo de Deividi Michel Cordeiro, de 29 anos, foi encontrado na localidade de Água Pé - distrito de Ibicuí. O corpo de Deividi estava em adiantado estado de decomposição. Tudo indica que Deividi tenha sido morto num acerto de contas com traficantes. Técnicos do Instituto Geral de Perícias estiveram no local e exames vão apurar quais foram as causa da morte. (Fonte Pauta)

  O sinal de alerta já está ligado há muito tempo. Ações já estão sendo tomadas pela administração. Por isso perguntamos: Afinal, de quem é a culpa?

  Esse humilde meio virtual vem acompanhando a meses essa dura realidade. É obvio, que de forma superficial juntamente com a participação dos internautas procuramos colaborar de alguma forma para encontrarmos a tão almejada solução.

  Se ainda não encontramos a saída uma coisa nós sabemos: ninguém é obrigado a usar drogas. Pelo contrário, há muitas informações a respeito do assunto. Campanhas de prevenção são incessantemente divulgadas. E pai nenhum ensina a consumir maconha ou crack. Enfim, o que nos leva a crer é que está faltando mais consciência e um pouco de vergonha na cara.

Quando te oferecerem drogas... Diga NÃO!!!
Ou você estará sendo vítima de você mesmo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comente aqui

No seu rádio