Ouça Orli Ricardo

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

TIRIRICA ESTÁ APTO A ASSUMIR A FUNÇÃO DE DEPUTADO FEDERAL

JUSTIÇA ELEITORAL DE SP ENTENDE QUE O HUMORISTA TEM CONDIÇÕES NECESSÁRIAS PARA DESEMPENHAR O CARGO

 O deputado federal mais votado do Brasil ( com mais de 1,3 milhão de votos) foi absolvido da acusação de falsidade ideológica nesta quarta-feira.
   Francisco Everardo Oliveira Silva, o Tiririca, (PR-SP) foi inocentado da ação penal que apurava se ele havia utilizado uma declaração de escolaridade falsa, afirmando saber ler e escrever, entregue no pedido de registro de candidatura para as eleições.
   No dia 22 de novembro, o promotor Maurício Lopes havia pedido à Justiça a prisão do humorista. Para o Ministério Público (MP), o deputado eleito teria fraudado a documentação porque seria analfabeto funcional.
   O juiz da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo, Aloíso Sérgio Rezende Silveira, entendeu que o humorista tem condições necessárias para ser deputado. Conforme o magistrado, basta o conhecimento rudimentar da escrita para que a pessoa não seja considerada analfabeta. Silveira afirma que a Justiça Eleitoral tem considerado inelegíveis apenas os analfabetos absolutos, e não os funcionais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comente aqui

No seu rádio