Ouça Orli Ricardo

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

ELEIÇÕES 2010 - A Nova CADEIA Política


_Em todo e qualquer livro que contemple os processos evolutivos e organizacionais do Brasil, bem como, as ações de socialização no processo pós-colônia, consideram a política o quesito que mais sofreu alterações até os dias atuais.
_Desde que a democracia foi implantada no país, há mais de um século, o povo brasileiro tornou-se partícipe efetivo das decisões, conquistando o principal legado de cidadão, o voto. Muitas disputas eleitorais já foram realizadas, porém, as reivindicações contemporâneas da sociedade não fogem dos patamares que sobressaíam no início da história política brasileira.
_No abrir das cortinas de agosto, as movimentações partidárias já agitam o cenário político. Diversos candidatos envolvidos nas próximas eleições começam a ganhar destaque na mídia através de eventos públicos, índice de pesquisas e, sobretudo polêmicas, ingrediente imprescindível do pleito. Contudo, no panorama social, populares interagem nas rodas de amigos, trocando ideias e elencando as melhores propostas.
_Entretanto, o assunto que mais intriga os eleitores não cabe ao voto, a decisão de eleger seu representante. A mais difícil questão está em entender a coerência, ou ainda, a falta de nexo das coligações que se uniram Brasil à fora. Inimigos mortais largaram as armas e deram as mãos, envolvendo desconhecidos laços de companheirismos, que agora reinam vergonhosamente.
_Em contrapartida, para amenizar tamanho embaraço, através de uma iniciativa do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), no início de junho, foi aprovada a Lei da Ficha Limpa, uma forma de combater a impunidade e a candidatura de corruptos. A ação comprova a importância de seu emprego já nessas eleições, já que, o posicionamento do TSE determina a aplicação de forma imediata, estando valendo a todos os candidatos já condenados nos termos da lei.
_No alvoroço de se “fazer a lei pegar” - graças à democracia - os eleitores comemoram mais uma conquista, aumentando a esperança de um País mais justo e digno. A expectativa é que se crie uma nova cadeia política, com promissoras ideias e “caras”, caras limpas, sem maquiagem alguma.
_As eleições estão cada vez mais próximas, os candidatos preparando seus armamentos para a batalha - a máscara de tela metálica está entre os itens mais procurados -, porém, a cautela deve estar em primeiro lugar. Diversos Brutus e Judas estão como aliados, mas de forma repentina podem cometer equívocos, transformando sua própria área defensiva num campo minado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comente aqui

No seu rádio